Pesquisadores iranianos da Universidade de Modares Tarbiat conseguiram produzir insulina humana em uma batata transgênica. O procedimento, divulgado em março de 2012, foi realizado por meio de agricultura molecular, técnica que consiste na inserção de proteínas e enzimas de uso farmacêutico em vegetais.

“Plantas transgênicas possuem grande potencial para a produção de compostos medicinais, pois são biofábricas seguras e econômicas”, afirma a cientista Kimia Kashani, que trabalhou juntamente com o Dr. Mokhtar Jalali no desenvolvimento da batata geneticamente modificada (GM).

A introdução do material genético de interesse foi feita via Agrobacterium tumefaciens, um microrganismo naturalmente presente no solo, que entra em contato direto com o DNA vegetal. Testes preliminares indicaram alto nível de expressão do gene da insulina na batata. Cerca de 0,7% da população do Irã sofre de diabetes nos dias de hoje.

Fonte: ISAAA – 9 de março de 2012