Airton Vialta

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), tem mestrado e doutorado em Genética de Microrganismos pela mesma instituição. Suas pesquisas são focadas nas áreas de ciência e tecnologia de alimentos, genética e microbiologia industrial. Desde 1994, atua como pesquisador científico do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Também é membro do grupo que compõe a Plataforma de Inovação Tecnológica do ITAL, em Campinas, e já foi diretor-geral e diretor do Centro de Tecnologia de Laticínios (Tecnolat) do instituto. Vialta participa, ainda, do conselho editorial da revista científica “Brazilian Journal of Food Technology”, sobre tecnologia alimentícia, e do Comitê Assessor Externo da Embrapa Agroindústria Tropical.

Como a biotecnologia pode ser aplicada à agricultura?

Respondido em: 16-11-2016

A biotecnologia tem contribuído para melhorar a qualidade de plantas e aumentar a produtividade agrícola, de forma sustentável e focada na conservação ambiental. Dessa forma, vem ajudando a produzir alimentos de maior valor nutritivo e espécies mais adaptadas a condições adversas de clima e solo, além de mais resistentes a pragas, doenças e pesticidas.
Leia mais…

Como é feito o melhoramento genético convencional?

Respondido em: 21-10-2016

Tanto cruzamentos naturais quanto direcionados pelo homem levam à produção de descendentes com características diferentes das de seus pais. Desde a Pré-História, o homem faz cruzamentos direcionados com o objetivo de obter plantas e animais com características de interesse, a exemplo de variedades mais resistentes a doenças ou com melhor desempenho.
Leia mais…

O que é biotecnologia?

Respondido em: 21-10-2016

É um conjunto de técnicas que envolvem a manipulação de organismos vivos para modificação de produtos com fins específicos. A palavra tem origem grega: “bio” significa vida, “tecnos” remete a técnica e “logos” quer dizer “conhecimento”. A biotecnologia é usada desde a Antiguidade, em um processo bastante artesanal para produção de pães e bebidas fermentadas.
Leia mais…

Em quais outras indústrias a biotecnologia pode ser aplicada?

Respondido em: 21-10-2016

A biotecnologia é empregada nas indústrias de alimentos, têxtil, química, ambiental, papel e mineração, entre outras. No sabão em pó, por exemplo, enzimas resistentes às condições do processo de lavagem produzidas por bactérias geneticamente modificadas são usadas para degradar gorduras, carboidratos e proteínas nos tecidos sujos.
Leia mais…

Há diferenças entre o alimento derivado da biotecnologia e o não transgênicos?

Respondido em: 21-10-2016

Só podem ser comercializados alimentos derivados da biotecnologia que tenham como diferença única e exclusiva a expressão da característica inserida. Ou seja, com exceção dessa particularidade, os transgênicos e não transgênicos devem ser substancialmente equivalentes, com os mesmos nutrientes, proteínas, vitaminas e minerais em sua composição.
Leia mais…

O que é um alimento transgênico?

Respondido em: 21-10-2016

É o obtido a partir de variedades geneticamente modificadas ou que, no processamento, usa microrganismos GM. Esses alimentos podem ser utilizados para consumo direto, como insumos ou ingredientes na cadeia de produção de outros itens. Quase 100% dos produtos processados no mundo já levam ao menos um ingrediente derivado de soja ou milho transgênico.
Leia mais…

Não há Estudos e Artigos relacionados a este conselheiro(a).