Marcelo Gravina de Moraes

Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e especialista em Economia do Sistema Agroalimentar pelo Centro de Formação de Apoio ao Desenvolvimento, em Viterbo, na Itália. Tem mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente pela UFRGS e doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos. Concluiu o pós-doutorado bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular, na UFRGS. Atualmente, trabalha como professor associado da UFRGS e tem experiência na área de Bioquímica, com foco em Biologia Molecular.

Qual é a taxa de adoção dos principais transgênicos aprovados no Brasil?

Respondido em: 16-11-2017

A taxa de adoção de variedades transgênicas de soja foi de 96,5% em 2016, segundo o Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA). No caso do milho, essa porcentagem chegou a 88,4% e, no do algodão, a 78,3%. A alta adesão se deve aos benefícios obtidos com a biotecnologia, como maior eficiência, facilidade no manejo, menor tempo gasto nas operações, otimização do uso de defensivos e redução de perdas no campo.
Leia mais…

Quantos produtos transgênicos estão aprovados hoje no País?

Respondido em: 16-11-2017

De 1998 a outubro de 2017, a CTNBio emitiu parecer técnico favorável à liberação de 116 eventos transgênicos. Destes, 40 são de milho, 15 de algodão, 14 de soja, um de feijão, um de eucalipto e um de cana-de-açúcar. O País tem, ainda, 28 vacinas geneticamente modificadas já aprovadas para uso animal e humano. Além disso, a Comissão liberou um mosquito da dengue, um medicamento para câncer de pele e mais 14 microrganismos transgênicos.
Leia mais…

Qual foi o primeiro transgênico aprovado no Brasil e quando isso ocorreu?

Respondido em: 16-11-2017

Foi uma soja tolerante ao herbicida glifosato e eficiente no controle de plantas daninhas, liberada pela CTNBio em 1998. Essa variedade foi produzida por meio da introdução de um gene da bactéria de solo Agrobacterium tumefaciens. Além do Brasil, essa soja está aprovada para plantio e/ou consumo humano e animal em países como Argentina, Estados Unidos, China, Colômbia e União Europeia.
Leia mais…

Uma década de transgênicos no Brasil: avanços e perspectivas

Publicado em: 08-01-2014

O engenheiro agrônomo Marcelo Gravina avalia os 10 anos da adoção de transgênicos no Brasil por meio de uma análise agronômica, social, econômica e ambiental dos impactos desta tecnologia.
Leia mais…

Artigos

Biotecnologia promove sustentabilidade na agricultura

Publicado em: 14-07-2011

Após 15 anos de uso da biotecnologia na agricultura, os resultados indicam que os benefícios ambientais dos OGM’s são muito mais evidentes do que os riscos. Esses benefícios devem‐se à redução da contaminação em consequência do uso mais racional de herbicidas.
Leia mais…

Artigos

Perspectivas para a cultura do milho no Brasil

Publicado em: 15-02-2011

De acordo com dados da FAO, braço da Organização das Nações Unidas para a agricultura, a área cultivada com milho superou a de arroz em 2007, e a cultura do milho tornou‐se a segunda mais plantada no mundo, sendo ultrapassada apenas pelo trigo.
Leia mais…

Artigos

Biotecnologia e os Benefícios para o Meio Ambiente

Publicado em: 06-08-2010

Marcelo Gravinia de Moraes é engenheiro Agrônomo, Ph.D. em Fitopatologia, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e membro do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB).
Leia mais…

Estudos

Transgênicos: 14 anos de contribuições para o meio ambiente

Publicado em: 22-04-2010

A complexidade e a diversidade dos sistemas de produção agrícola fazem com que a adoção de qualquer nova tecnologia seja acompanhada da preocupação com os impactos ambientais. No caso da biotecnologia, uma intensa discussão sobre potenciais riscos tem ofuscado as importantes contribuições das plantas transgênicas para a melhoria da qualidade ambiental.
Leia mais…

Artigos

Plantas GMs na agricultura: um balanço de 12 anos de uso e o futuro

Publicado em: 08-07-2008

Os seres humanos têm realizado experimentos genéticos há milhares de anos. As variedades altamente produtivas das plantas cultivadas e a grande variabilidade de formas, tamanhos e cores dos animais domésticos comprovam essa afirmação. Mas foi somente no início dos anos 70 que foi possível isolar um pedaço específico de DNA de um cromossomo.
Leia mais…

Artigos

O consumo de alimentos derivados de OGMs e a saúde humana e animal

Publicado em: 11-06-2008

Há milhares de anos as espécies vegetais têm continuamente sido selecionadas com o objetivo de aumentar a produtividade, obter um maior crescimento de determinados órgãos, alterar características alimentares, resistir às doenças, ao ataque de pragas e a fatores climáticos adversos. Mais recentemente, a tecnologia do DNA recombinante, que permite a modificação precisa de material genético de organismos, também passou a fazer parte das ferramentas disponíveis para o melhoramento genético vegetal.
Leia mais…

Artigos

“SIM” à biotecnologia agrícola

Publicado em: 19-03-2007

Mais um a vez, vivemos um período de indefinições sobre o futuro da biotecnologia e, conseqüentemente, da agricultura no Brasil.
Leia mais…

Artigos