FAQ

/FAQ/

Dúvidas sobre transgênicos? A gente responde!

Navegar pelas Perguntas e Respostas



OGM ou Organismos Geneticamente Modificados e transgênicos muitas vezes são usados como sinônimos, mas eles não têm o mesmo significado

Ler Mais

Por: Adriana Brondani em 29-05-2018|Categorias: Conceitos|Marcadores: , ,

Diversas entidades de pesquisa, públicas e privadas, desenvolvem estudos sobre a segurança ambiental de plantas geneticamente modificadas (GM) em diferentes ecossistemas do Brasil e do mundo. Até hoje, todos os testes confirmam a segurança dos transgênicos para o meio ambiente.

Ler Mais

Por: André Luis Coelho em 27-04-2018|Categorias: Impactos Ambientais|Marcadores: , ,

CTNBio é a sigla para Comissão Técnica Nacional de Biossegurança, órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, responsável por avaliar cada pedido de pesquisa ou comercialização de transgênicos no País e só libera um produto transgênico após testes de biossegurança.

Ler Mais

Por: Elibio Rech em 18-04-2018|Categorias: Regulamentação|Marcadores: , ,

A taxa de adoção de variedades transgênicas de soja foi de 96,5% em 2016, segundo o Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA). No caso do milho, essa porcentagem chegou a 88,4% e, no do algodão, a 78,3%. A alta adesão se deve aos benefícios obtidos com a biotecnologia, como maior eficiência, facilidade no manejo, menor tempo gasto nas operações, otimização do uso de defensivos e redução de perdas no campo.

Ler Mais

Por: Marcelo Gravina de Moraes em 16-11-2017|Categorias: Agricultura|Marcadores: , ,

De 1998 a outubro de 2017, a CTNBio emitiu parecer técnico favorável à liberação de 116 eventos transgênicos. Destes, 40 são de milho, 15 de algodão, 14 de soja, um de feijão, um de eucalipto e um de cana-de-açúcar. O País tem, ainda, 28 vacinas geneticamente modificadas já aprovadas para uso animal e humano. Além disso, a Comissão liberou um mosquito da dengue, um medicamento para câncer de pele e mais 14 microrganismos transgênicos.

Ler Mais

Por: Marcelo Gravina de Moraes em 16-11-2017|Categorias: Agricultura|Marcadores: , ,

Foi uma soja tolerante ao herbicida glifosato e eficiente no controle de plantas daninhas, liberada pela CTNBio em 1998. Essa variedade foi produzida por meio da introdução de um gene da bactéria de solo Agrobacterium tumefaciens. Além do Brasil, essa soja está aprovada para plantio e/ou consumo humano e animal em países como Argentina, Estados Unidos, China, Colômbia e União Europeia.

Ler Mais

Por: Marcelo Gravina de Moraes em 16-11-2017|Categorias: Agricultura|Marcadores: , ,