Qual a diferença entre transgênicos e transgêneros?

/Qual a diferença entre transgênicos e transgêneros?

Bióloga, doutora em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e diretora-executiva do CIB.

Qual a diferença entre transgênicos e transgêneros?

Esses dois conceitos bem diferentes compartilham o mesmo prefixo latino (trans), que significa “transferência”, “deslocamento” ou “mudança de uma condição para outra”. Dessa maneira, o transgênico é um organismo que recebeu parte do material genético (um ou mais genes) de outra espécie para obter características desse doador. Pode ser uma planta (como soja, milho ou algodão) que recebeu gene de uma bactéria do solo ou um microrganismo no qual foi inserido um gene humano. Essas alterações genéticas permitem que uma característica específica de interesse seja transportada de uma espécie para outra, como resistência a insetos (conferida às plantas pela inserção do gene do microrganismo) ou a produção de insulina em microrganismos (graças ao gene humano). Já no transgênero, a transformação está relacionada ao gênero biológico da pessoa (masculino ou feminino), visto que ela se identifica com o corpo, as características e os signos do sexo oposto. Mas gostar de roupas ou brinquedos que não são aqueles que nossa cultura aponta como os tradicionais a um determinado gênero não é, isoladamente, indício de que uma pessoa é transgênero. O que caracteriza essa situação é a combinação de diversos sinais e sua repetição ao longo do tempo. Estudos apontam que 0,3% da população mundial é transgênero.

Por: Adriana Brondani em 15-09-2017 | Categorias: Conceitos|Marcadores: , ,