Pato300x200Depois de sequenciar o genoma de diversas aves, como a galinha e o peru, pesquisadores agora mapearam com sucesso o código genético do pato selvagem. O resultado foi publicado na revista Nature Genetics.

O sequenciamento revelou a existência de 19 mil genes no DNA do pássaro, e os cientistas da Universidade de Wageningen, na Holanda, agora poderão estudar a interação do pato com a gripe aviária durante longos períodos de tempo. Desta forma, eles serão capazes de descobrir como o vírus da doença e suas mutações afetam a saúde das aves e também dos humanos – já que a infecção e algumas reações físicas são praticamente as mesmas entre os dois – e, assim, desenvolver novas formas de pesquisa para evitar a proliferação da gripe.

Fonte: Nature – Junho de 2013