A Academia Nacional de Ciência e Agricultura da Índia (Naas) já se manifestou: o país está “pronto” para receber variedades de arroz GM. Os esforços serão para desenvolver variedades que resistam a inundações, períodos de seca e níveis altos de salinidade, além de um produto que seja rico em nutrientes. “Nós vamos usar todas as ferramentas que pudermos para enfrentar esse desafio”, disse K.S. Jayaraman, da Naas.

O apoio oficial da academia veio após a realização de um workshop que abordou questões de segurança relacionadas ao arroz transgênico. O presidente da Naas, Vivendra Lal Chopra, foi perguntado sobre eventual risco de que o produto GM contaminasse plantações convencionais. Sua resposta: não foi verificado nenhum risco ao meio ambiente ou algum impacto ecológico prejudicial nos centros onde há arroz GM e arroz convencional.

Clique aqui para conferir a matéria na íntegra.