A Agência Francesa de Segurança Sanitária de Alimentos (AFSSA), em relatório no último dia 23 de janeiro, atestou que o milho transgênico MON 810 é seguro para alimentação humana e animal – o que reafirma a posição da Agência Europeia de Segurança dos Alimentos (EFSA), que, no ano passado, já havia avaliado e atestado a segurança da variedade.

Embora o consumo de milho transgênico seja permitido na Europa, a França solicitou, em 2008, uma salvaguarda contra a decisão da Comissão Europeia de permitir o plantio do milho GM. Assim, há um ano o plantio está suspenso no território francês.

Durante reunião da Comissão Europeia, nesta semana, as autoridades francesas terão que apresentar as evidências científicas sobre as quais se basearam para impedir o plantio da variedade de milho, em contraposição aos relatórios de duas das maiores autoridades de segurança alimentar da Europa.

Fonte: Reuters e Le Figaro – 12 de fevereiro de 2009