Cerca de 75% da soja plantada na América, no último ano, é geneticamente modificada. Já na Argentina, o índice é de 95%.

Estas informações ilustram o quadro de consumo de alimentos GMs no mundo, plantados em 16 países, entre eles Espanha, Alemanha, Austrália, Canadá, África do Sul, Índia e partes da América do Sul.

Nos EUA, particularmente, a lista de alimentos GMs ou derivados é grande. No primeiro caso, estão liberados para consumo, entre outros produtos, a batata, resistente a insetos; a beterraba açucareira e o arroz, tolerantes a herbicida; e o tomate, resistente a insetos. Derivados de substâncias GMs ou que as contêm estão liberados, entre outros, biscoitos, doces, chocolates, margarinas, molhos e cereais.

Clique aqui para ler a matéria completa, em inglês.