A crescente preocupação com o meio ambiente está elevando o apoio da população australiana à produção de transgênicos. A conclusão é de uma pesquisa divulgada no mês passado pela Biotechnology Australia, uma agência do governo federal para informações sobre a biotecnologia. O estudo apontou que 73% da população apóiam alimentos geneticamente modificados (GM). Em 2005, na edição anterior da mesma pesquisa, esse índice era de 46%.

Na análise da Biotechnology Australia, o motivo para essa mudança de opinião é a percepção cada vez maior do papel que os transgênicos podem desempenhar na luta contra as mudanças climáticas. Lavouras GM exigem uma menor aplicação de defensivos agrícolas, o que reduz o consumo de óleo diesel e o consumo de água nas pulverizações de pesticidas.

A pesquisa mostrou que 97% dos australianos acreditam que a biotecnologia pode reduzir a poluição e 91% concordam que essa tecnologia ajudará a reduzir o aquecimento global.

Fonte: Biotechnology Australia – 20 de julho de 2007

Para ver os gráficos, clique aqui.