Uma equipe internacional de cientistas produziu um novo tipo de arroz que cresce melhor e aproveita a água de forma mais eficiente em comparação a outras variedades.

O professor Andy Pereira, do Instituto de Bioinformática da Virgínia (VBI) trabalhou com colegas de países como Índia, Indonésia, Israel, Itália, México e Holanda para identificar, caracterizar e fazer uso de um gene conhecido como HARDY (robusto), o qual melhora as características-chave do arroz, uma fonte primária de alimento para mais da metade da população mundial.

O arroz é um grão que consome muita água – três vezes a mais que o milho ou trigo – respondendo pelo uso de 30% da totalidade de água fresca utilizada nas plantações em todo o mundo. Em condições escassez, é importante existir safras capazes de gerar biomassa (o tecido da planta) de forma eficaz usando quantidades limitadas do líquido.

O arroz robusto apresenta um aumento significante na biomassa tanto na presença quanto na ausência de estiagem. Os pesquisadores descobriram que a biomassa cresceu em torno de 50% sob condições de privação de água comparada à versão convencional do mesmo tipo de arroz.

Segundo Shital Dixit, um pesquisador holandês que esteve envolvido neste estudo, “o que está claro é que o arroz robusto oferece a excitante perspectiva do melhor aproveitamento da água e da resistência à seca, além de poder abrir caminho para outros tipos de cultivo se aproveitarem destas qualidades”.

Fonte: Eurekalert – 1 de outubro de 2007