Cientistas do Serviço de Pesquisa para Agricultura (ARS, na sigla em inglês), órgão de pesquisa agrícola do governo americano, desenvolveu uma variedade de soja (JTN-5109) que combina três fontes de resistência da soja ao nematóide do cisto, a maior praga da cultura em todo o mundo. Para se ter uma ideia, estima-se que o ataque tenha causado perdas da ordem de 94 milhões de arbustos em 2007, apenas nos Estados Unidos.

A nova soja é fruto de uma combinação de variedades convencionais e de seleção assistida por marcadores genéticos.

A população de nematóides é geneticamente variável e adaptável. De acordo com o estudo, a JTN-5109 apresenta níveis de produtividade de semelhantes a outras variedades utilizadas comumente. A vantagem reside mesmo na eficiência contra a praga.
 

Fonte: Checkbiotech – 4 de janeiro de 2010