Pesquisa realizada na China, Tailândia e Filipinas mostra que 66% das pessoas consultadas acreditam que podem ser beneficiadas pelas aplicações da biotecnologia na produção de alimentos, nos próximos cinco anos.

 

A maioria dos consumidores daqueles países avalia a biotecnologia de forma positiva, além de mostrar interesse pelo assunto e solicitar informações sobre a forma de melhoramento de alimentos consumidos regularmente como arroz, frutas, hortaliças, soja e milho. Quando perguntados expontaneamente sobre as desvantagens e os benefícios da biotecnologia, obteve-se quatro vezes mais citações de benefícios do que de malefícios. 61% dos entrevistados acreditam que comeram recentemente algum alimento modificado geneticamente e 90% estão satisfeitos com essa realidade. Além disso, 80% tiveram disposição para experimentar aperitivos que continham ingredientes GM.

Mais informações clique aqui.