O tubérculo é a terceira mais importante cultura agrícola do mundo, atrás apenas do trigo e do arroz

Um consórcio de cientistas internacionais conseguiu, pela primeira vez, “mapear” o genoma da batata. A descoberta poderá contribuir para o melhor desenvolvimento das lavouras e impulsionar a produção do tubérculo. Por ser a terceira cultura agrícola mais importante do mundo, o sequenciamento dos genes da batata é um feito de grande importância para a segurança alimentar.

A decodificação do genoma de um organismo é o mapeamento de como seus genes estão relacionados. Pesquisadores identificaram que a batata tem pelo menos 39 mil genes, quase o dobro do que um ser humano.

O professor do James Hutton Institute, Reino Unido, Iain Gordon, afirmou que a descoberta é o primeiro passo para o desenvolvimento de variedades mais nutritivas, resistentes a insetos e tolerantes a herbicidas. 

A batata é uma planta que pertence à família das solanáceas, da qual o tomate, a pimenta e a berinjela também fazem parte. De acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a importância da cultura, especialmente para os países em desenvolvimento, está aumentando. A produção em 2009 alcançou 330 milhões de toneladas.

Fonte: Nature.com – Julho de 2011