A beterraba GM, cultivada extensivamente entre os estados Dakota do Norte e Minnesota, tem um gene de tolerância ao herbicida glifosato.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês), na tentativa de evitar uma escassez de açúcar no país, deu luz verde para que os agricultores retomem o plantio da beterraba açucareira transgênica, variedade que havia sido proibida por um juiz federal no ano passado.

 Os produtores terão de pedir ao USDA uma licença prévia e seguir as orientações sobre como e onde plantar a variedade, até que o departamento conclua o estudo ambiental para o produto e a variedade possa, então, ser totalmente liberada.

 Mais da metade do açúcar consumido no país vem de plantas de beterraba geneticamente modificada (GM); a outra metade vem da cana-de-açúcar.

Fonte: Wall Street Journal – 05 fevereiro de 2011 e Delta Farm Press – 07 fevereiro de 2011