Indústrias precisam adotar novas estratégias para o desenvolvimento de produtos, gerenciamento de riscos, informação pública e nos assuntos relacionados a regulamentos e legislação. Esta é a recomendação da Bio Economic Research Associates (Bio-Era), uma empresa americana de pesquisa e consultoria. Recentemente, a empresa lançou o texto Agricultural Biotechnology at the Crossroads, primeira parte, referente a Mudanças na Estrutura da Indústria, escrito pelos diretores da Bio-Era, Gregory Graff e James Newcomb.

Segundo os autores, as indústrias precisam desenvolver estratégias que respeitem totalmente o poder de outros legítimos formadores de opinião para conseguir influenciar as políticas, os regulamentos, o comércio e as escolhas dos consumidores que, em última análise, definem o sucesso ou o fracasso de um produto.

A próxima geração de produtos incluiria :

• Cultura de grãos GMs resistente a doenças e pragas em regiões do mundo onde os agrotóxicos são muito caros

• Grãos GMs com alto valor farmacêutico agregado

• Plásticos, polímeros e filmes derivados de plantas GMs, além de outros produtos derivados da biotecnologia, como lubrificantes e fluídos funcionais.

Leia a matéria completa em inglês.