Levantamento do Planejamento de Nutrição, Testes e Serviço de Avaliação (Esna) da FAO aponta que 840 milhões de pessoas do planeta não têm a dieta adequada para suprir as necessidades básicas do organismo. Desse total, 799 milhões vivem em países em desenvolvimento. O total de pessoas com deficiência de micronutrientes, no entanto, pode passar de dois bilhões. Não são populações que necessariamente passam fome, por isso a entidade preferiu chamar o grupo de “fome escondida”. A entidade divulgou que a biofortificação, incluindo técnicas de manipulação genética, é solução sustentável para o problema. Leia o estudo completo, em inglês, no site da FAO.