Citricos-A-300x200O greening cítrico tem sido motivo frequente para preocupações de alguns agricultores norte-americanos. Essa doença, que afeta a resistência de árvores e causa má formação de frutos e amarelamento das folhas, é muito comum em pés de limão, laranja e tangerina, e tem causado grandes danos às plantações.

Por essa razão, pesquisadores dos Estados Unidos têm somado esforços para desenvolver variedades geneticamente modificadas dessas árvores que sejam resistentes ao greening cítrico, a fim de evitar maiores prejuízos. De acordo com o empresário Ricke Kress, presidente de uma das empresas que mais plantam frutas cítricas na Flórida, os danos causados já são altos demais. “Nós perdemos aproximadamente 15% de nossas frutas para essa doença, afirmou.

Com a ajuda da biotecnologia, os cientistas esperam reduzir a ocorrência do greening nas lavouras norte-americanas.

Fonte: Agrilife – Junho de 2013