A Escola Paulista de Medicina – Unifesp inaugurou, no fim de julho, o Centro Interdisciplinar de Terapia Gênica, um dos primeiros do gênero na América Latina. Inicialmente, suas pesquisas estarão voltadas para o tratamento de pacientes que sofrem de isquemia e câncer, assim como para o desenvolvimento de vacinas obtidas de DNA e da geração de vírus recombinantes que possam atuar como vetores de transferência gênica. (Fonte: Jornal da Unifesp, 2003)