Os cervejeiros agora poderão apresentar ao mundo a versão transgênica da bebida. Cientistas das universidades de Giessen e Friedrich-Alexander Erlangen-Nuremberg, na Alemanha, vêm realizando experimentações de campo com variedades de cevada geneticamente modificadas.

Entre as linhagens testadas estão a cevada com uma enzima – capaz de quebrar paredes celulares de fungos patogênicos – e a variedade produtora de uma substância que melhora a qualidade do malte, um dos principais ingredientes da cerveja.

Durante os últimos anos, pesquisadores de todo o mundo têm estudado o desenvolvimento de qualidades transgênicas do cereal imunes a vírus, resistentes a fungos da raiz e com propriedades melhoradas.

Fonte:GMO Compass.