O governo chinês anunciou aprovação de certificado para a importação de canola geneticamente modificada. A medida segue uma outra aprovação, anteriormente feita para cinco versões comerciais de soja GM, milho GM e algodão GM.
Segundo o vice-presidente da Monsanto, Carl Casale, a aprovação do governo chinês é um claro sinal aos produtores e indústrias norte-americanas de que a canola GM é bem-vinda.
O novo certificado é válido até 6 de abril de 2007 e garante a segurança da canola Roundup Ready para consumo humano, de animais e que é benéfica para o meio ambiente.
A tecnologia Roundup Ready é popular entre os agricultores para controlar ervas daninhas e ao mesmo tempo não prejudicar o grão.