O Ministério da Agricultura chinês concedeu um certificado de segurança para a soja LibertyLink, abrindo caminho para as importações da variedade para o país. A concessão do certificado assinala um marco significativo para a comercialização da soja GM, uma vez que a China é o maior importador da soja americana.

Até hoje, essa variedade de soja está aprovada para cultivo e consumo humano e animal nos Estados Unidos e no Canadá. Em outros países – Argentina, Austrália, Japão, México, Nova Zelândia, Rússia, África do Sul e Taiwan – está aprovada para importação e/ou cultivo.

FONTE: Delta Farm Express – 22 de julho de 2008