A Academia de Ciências da China, por meio do Centre for Chinese Agricultural Policy, afirmou que o país deve comercializar em 2005 variedades de arroz GMs resistentes a doenças e insetos.

Segundo Clive James, presidente do Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (Isaaa, na sigla em inglês), a primeira variedade a receber aprovação deverá ser a que leva os genes de Bt e CpT1.

O Arroz GM híbrido vem sendo desenvolvido há seis anos e testes de campo apontaram demonstraram m incremento de 4% a 8% na produção e uma redução de 80% no uso de pesticidas.

Fonte: AGROW – World Crop Protection News – www.agrow.co.uk