Pesquisadores da Universidade de Purdue descobriram recentemente o mecanismo genético que impede certas plantações de crescerem demais. A descoberta tem aplicação prática porque, com certos grãos, é possível conseguir maior produtividade se as plantas forem mantidas baixas.

O professor-assistente de Botânica e Patologia de plantas, Guir Joha, e seus colegas de equipe identificaram o processo que restringe o crescimento do milho e do sorgo, que crescem pela metade do tamanho que suas similares convencionais. A descoberta vai ajudar a desenvolver a mesma restrição em outras plantações, para aumentar a produtividade em certas regiões do mundo.

Leia também a matéria original, em inglês.