DNA300x200Pesquisadores da Universidade de Guelph, no Canadá, identificaram um gene que pode fazer com que algumas espécies de árvores frutíferas que se reproduzem por polinização cruzada (quando uma planta fertiliza outra) tornem-se autopolinizadoras (quando o vegetal fertiliza a si mesmo). O gene encontrado pela equipe do Dr. Sherif Sherif codifica uma proteína que permite a determinadas espécies produzirem frutos antes de florescerem. Pessegueiros, por exemplo, têm flores fechadas. Entretanto, suas parentes próximas, a ameixeira e a cerejeira, necessitam do pólen de outras árvores para serem fertilizadas e produzirem frutos.

De acordo com os cientistas responsáveis pelo estudo, a descoberta tem potencial para a indústria de perfumes. Se inserido em plantas perfumadas como o jasmim, o gene pode manter as flores fechadas e, consequentemente, aumentar a produção de compostos aromáticos usados para a fabricação de fragrâncias.  Segundo o supervisor e coautor da pesquisa, Jay Subramanian, “assim que as flores se abrem, 80% dos compostos aromáticos são perdidos”.

Fonte: Universidade de Guelph, fevereiro de 2015