Cacau-A-300x200Após decifrar o DNA do cacau, pesquisadores dos Estados Unidos descobriram que os marcadores genéticos encontrados podem ser usados para aumentar o rendimento da fruta e até melhorar o sabor do chocolate, seu principal derivado.

De acordo com os cientistas, a descoberta desses marcadores poderá ajudar a reduzir o tempo de clonagem das árvores de cacau dos atuais 12 a 18 anos para 7 a 8 anos. Além disso, espera-se também que essas árvores rendam entre 3 e 3,5 toneladas de cacau por hectare – um aumento de 500% em relação ao rendimento atual, que é de 450 quilos por hectare. As novas plantas também exigirão menos o uso de pesticidas e serão mais resistentes a doenças.

A equipe responsável por esse estudo é formada por profissionais de diversas instituições dos Estados Unidos, como o Departamento de Agricultura, o Instituto Mars, a Universidade de Indiana, o Instituto Hudson-Alpha e a International Business Machines (IBM).

Fonte: Genome Biology – Junho de 2013