Pesquisadores do Howard Hughes Medical Institute (HHM) descobriram o mecanismo molecular pelo qual as plantas ajustam seu crescimento e sua floração à sombra. A descoberta vai possibilitar, por meio da inserção de um gene, que plantas em áreas com muitas variedades cresçam e floresçam à sombra das espécies vizinhas. “Poucas pessoas percebem que o maior competidor para uma planta são outras plantas”, disse a cientista Joanne Chory. Ela explica que existe um mecanismo pelo qual a planta desenvolve uma série de transformações quando submetida à sombra. Nessa situação, a planta reduz o crescimento de suas folhas, ocasionando o que se chama de “floração desesperada”, que a faz produzir umas poucas sementes, o suficiente apenas para garantir a sobrevivência de algumas novas espécies. “As implicações dessa descoberta devem ser consideradas”, disse Chory. “A manipulação genética pode alterar os componentes dessa síndrome sem alterar outras características da planta. Se é possível atrasar o florescer da planta apenas enquanto ela está na sombra, a produção poderá aumentar.”