O BIOTECSUR, programa de biotecnologia entre a União Européia e a América Latina, foi anunciado pelo ministro argentino em Ciência, Tecnologia e Inovação Produtiva, Dr. Lino Barañao.

A União Européia anunciou um investimento de US$10.4 milhões no programa, enquanto Argentina, Brasil e Uruguai, membros do Mercosul, investirão US$1.4 milhões. A iniciativa financiará projetos regionais em quatro áreas de interesse: silvicultura, sementes oleaginosas, ovinos (carneiros) e aviários (aves) e será coordenado pela Argentina.

Segundo Igueda Menvielle, diretor do BIOTECSUR e diretor nacional de relacionamentos internacionais no Ministério da Ciência argentino, será criada uma plataforma regional para a biotecnologia, envolvendo a política, a ciência e o setor privado.

Menvielle ainda explicou que o foco do programa na biotecnologia agrícola deve-se ao grande impacto do setor em inovação e desenvolvimento, que por sua vez deve impactar positivamente a economia da região.

Fonte: Checkbiotech