A Comissão do Arroz da Califórnia recentemente aprovou uma requisição da Ventria BioScience’s para cultivo no Estado da primeira plantação GM do produto para efeitos farmacêuticos. O arroz transgênico possui duas proteínas humanas, encontradas no leite materno, nas lágrimas e na saliva. A companhia tem a expectativa de que as proteínas matem a bactéria que causa uma severa diarréia.

A proposição da companhia é cultivar o arroz transgênico em dez condados da Califórnia. A comissão recomendou que se aprove a proposição o mais rápido possível.