O ministério sul-coreano da Agricultura divulgou intenção de fortalecer a indústria e a rede de pesquisas biotecnológicas para que o país torne-se exportador de transgênicos. O foco principal é o mercado asiático. Na nota, assegura-se que os OGMs não representam risco à saúde e que as plantações têm mostrado cada vez mais benefícios e qualidade. O governo local introduziu regras para criar um sistema de segurança para os OGMs, particularmente em relação à soja, milho e feijão.

Ver a íntegra em inglês.