A área de algodão geneticamente modificado (GM) na China aumentou 17.9% entre 2004 e 2005, segundo o Ministério da Agricultura chinês. A variedade Bt, resistente a insetos, soma agora cerca de 60% de todas as lavouras de algodão cultivadas no país, o quinto maior produtor de transgênicos no mundo.

Os chineses caminham a passos largos com a biotecnologia na agricultura. Desde 1997, já aprovaram o plantio comercial de 73 linhagens de algodão, tomate, pimenta e petúnias transgênicos. A China ainda não aprovou a plantação de milho GM, mas permite a importação do produto, assim como o faz para soja e canola geneticamente modificadas.

Fonte: AGROW – Março 2006