No ano de 2000, a Argentina atingiu 23% das plantações GM no mundo todo. E tais plantações foram responsáveis por grande contribuição ao movimento de exportação do país. Esta informação faz parte de uma reportagem que traz alguns dados sobre o mercado de plantas GM no mundo. O texto diz que apenas quatro países produziram 99% de plantas GM no planeta no ano de 2000. Canadá e China estão entre eles, mas são os EUA os líderes da produção.

Atualmente, mais países tomam parte do grupo que forma o mercado de transgênicos, embora alguns poucos controlem a maior parte.

Há cerca de dois anos, a soja GM, por exemplo, teve seu mercado controlado por seis países, que forneceram para outros 116. Os países desenvolvidos vêem nas plantações GM uma forma de incrementar sua produção, abastecer suas próprias necessidades de alimentação e, ainda, exportar.

 Para conferir a matéria na íntegra, clique aqui.