A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) realiza neste 20 de março, nas dependências do Senado Federal, uma Audiência Pública sobre milho geneticamente modificado (GM), com a participação dos membros da Comissão, de cientistas e especialistas em milho e de representantes da sociedade civil.

A audiência cumpriu a decisão da Justiça Federal do Paraná de dezembro de 2006, que acolheu o pedido de liminar em Ação Civil Pública apresentado pelas organizações Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Terra de Direitos e Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa (AS-PTA).

De acordo com o Edital de Audiência Pública Nº 01/2007, publicado no site www.ctnbio.gov.br/index.php/ content/view/4069.html, o evento segue das 8h às 18h. Durante a primeira hora, serão apresentadas informações do funcionamento da CTNBio e do sistema nacional de biossegurança em engenharia genética. Na parte da manhã, os participantes ouvirão as explicações de oito especialistas. À tarde, serão mais dez palestras. A ordem das apresentações – cada uma de 15 minutos, no máximo – será definida pelo presidente da CTNBio.

Clique aqui para acompanhar, ao vivo, a Audiência Pública no Senado: http:// www.interlegis.gov.br/ produtos_servicos/ 20020903140117/ 20020903141108/ videoconferencia- na-internet-ii/