A descoberta envolve cientistas de vários países, incluindo Itália, Espanha e Chile.

O sequenciamento genético da árvore de pêssego Lovell está completo, segundo artigo publicado pela Universidade de Clemson, nos Estados Unidos. O trabalho é resultado de um programa de pesquisa liderado pelo professor do departamento de genética e bioquímica da instituição Alberto Abbott.

Por meio da compreensão do funcionamento dos genes é possível interferir no desenvolvimento e para trabalhar na melhoria do aspecto nutricional da planta. A pesquisa pode identificar traços benéficos para as árvores se desenvolverem mais e gerar melhores frutos.

“A árvore que seria estudada foi escolhida depois de uma criteriosa análise de DNA vegetal”, afirma Abbot. “A decisão por essa planta foi crucial para o sucesso do projeto”, prossegue. A partir do mapeamento genético do pessegueiro, será possível também determinar características importantes em vegetais semelhantes, como a macieira e a ameixeira.


Fonte: Clemson University – 01 de abril de 2010