A Crhomatin Inc. recebeu US$ 2,7 bilhões em doação para desenvolver minicromossomas, a primeira tecnologia que permite a introdução simultânea de múltiplos genes em plantas.

Multigene minicromossomas (MGMs) podem rapidamente gerar grupos de multigenes para garantir uma estável e consistente expressão genética nas células da planta. A previsão é que essa variedade resulte em 25% a mais de produtividade nas plantações.

Conforme o CEO da empresa, Mich Hein, o objetivo é eliminar uma das mais sérias barreiras para um difundido e seguro desenvolvimento de plantações geneticamente modificadas para conseguir melhores alimentos, remédios, tecidos e outros importantes produtos”.

Leia também a matéria na íntegra, em inglês.