O Ministério da Agricultura espanhol autorizou a comercialização de cinco variedades geneticamente modificadas de milho, o que deve acontecer em poucas semanas. Os produtos, pertencentes à Monsanto, Syngenta e Pionner, além do Consórcio Francês Limagrain, estão aguardando registro, um passo final exigido antes do lançamento no mercado.

As novas espécies de milho GM são resistentes à praga European Corn Borer – broca européia do milho, que também ataca o algodão e afeta de 10% a 15% das plantações em várias áreas da Espanha.

Se tudo acontecer como planejado, a autorização espanhola será a primeira relativa aos alimentos GMs desde que a União Européia entrou em moratória.

Leia aqui a matéria na íntegra.