A decisão é um sinal de que a União Europeia quer tornar mais dinâmico o processo de tomada de decisão sobre transgênicos

A Comissão Europeia liberou a importação de seis variedades de milho geneticamente modificado (GM) nesta quarta-feira (dia 28). Os seis eventos autorizados podem ser utilizados em alimentos, ração animal e processamento, mas não podem ser cultivados no bloco europeu, segundo a comissão.

Os milhos receberam uma avaliação positiva da Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA, na sigla em inglês) e foram submetidos ao procedimento completo de autorização estabelecido pela legislação da UE. As autorizações são válidas por 10 anos. Entre os eventos liberados para importação estão variedades resistentes a insetos, tolerantes a herbicidas e outras com as duas características combinadas.

Evento

Característica

1507 x 59122

Resistência a insetos, tolerância a herbicida

59122 x 1507 x NK603

Tolerância a herbicidas

MON88017 x MON810

Resistência a insetos, tolerância a herbicida

MON89034 x NK603

Resistência a insetos, tolerância a herbicida

Bt11 x GA21

Resistência a insetos, tolerância a herbicida

Bt11 (renovação de aprovação)

Resistência a insetos


É a primeira vez que o bloco aprova tantas variedades GM de uma só vez. A decisão é um sinal de que a União Europeia quer tornar mais dinâmico o processo de tomada de decisão sobre transgênicos.

Fonte: European Commission– 28 Julho de 2010