Um workshop foi organizado pelo governo de Botswana para traçar linhas que vão basear regulamentação para organismos geneticamente modificados. Realizado pelo Ministério da Agricultura, trata-se da primeira iniciativa do país na busca de um guia de procedimentos na adoção da tecnologia GM.
A coordenadora do evento, a cientista Mmasera Manthe-Tsuaneng, enfatizou que a engenharia genética promete avanços na medicina, na agricultura e na indústria. Essa tecnologia, disse, tem potencial para aumentar a segurança alimentar, reduzir utilização de terras e permitir o crescimento sustentável da produtividade agrícola.