FAQ

/FAQ/

Dúvidas sobre transgênicos? A gente responde!

Navegar pelas Perguntas e Respostas



A engenharia genética é o ato de modificar a constituição genética de um organismo por meio da biotecnologia.

Ler Mais

Por: Adriana Brondani em 05-11-2018|Categorias: Conceitos|Marcadores: , ,

OGM ou Organismos Geneticamente Modificados e Transgênicos muitas vezes são usados como sinônimos, mas eles não têm o mesmo significado

Ler Mais

Por: Adriana Brondani em 29-05-2018|Categorias: Conceitos|Marcadores: , , ,

Diversas entidades de pesquisa, públicas e privadas, desenvolvem estudos sobre a segurança ambiental de plantas geneticamente modificadas (GM) em diferentes ecossistemas do Brasil e do mundo. Até hoje, todos os testes confirmam a segurança dos transgênicos para o meio ambiente.

Ler Mais

Por: André Luis Coelho em 27-04-2018|Categorias: Impactos Ambientais|Marcadores: , ,

CTNBio é a sigla para Comissão Técnica Nacional de Biossegurança, órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, responsável por avaliar cada pedido de pesquisa ou comercialização de transgênicos no País e só libera um produto transgênico após testes de biossegurança.

Ler Mais

Por: Elibio Rech em 18-04-2018|Categorias: Regulamentação|Marcadores: , ,

A taxa de adoção de variedades transgênicas de soja foi de 96,5% em 2016, segundo o Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA). No caso do milho, essa porcentagem chegou a 88,4% e, no do algodão, a 78,3%. A alta adesão se deve aos benefícios obtidos com a biotecnologia, como maior eficiência, facilidade no manejo, menor tempo gasto nas operações, otimização do uso de defensivos e redução de perdas no campo.

Ler Mais

Por: Marcelo Gravina de Moraes em 16-11-2017|Categorias: Agricultura|Marcadores: , ,

De 1998 a outubro de 2017, a CTNBio emitiu parecer técnico favorável à liberação de 116 eventos transgênicos. Destes, 40 são de milho, 15 de algodão, 14 de soja, um de feijão, um de eucalipto e um de cana-de-açúcar. O País tem, ainda, 28 vacinas geneticamente modificadas já aprovadas para uso animal e humano. Além disso, a Comissão liberou um mosquito da dengue, um medicamento para câncer de pele e mais 14 microrganismos transgênicos.

Ler Mais

Por: Marcelo Gravina de Moraes em 16-11-2017|Categorias: Agricultura|Marcadores: , ,