A US Food and Drug Administration (FDA), agência norte-americana que regula alimentos e medicamentos, emitiu sua primeira aprovação sobra uma droga produzida em animal geneticamente modificado (GM). O produto, a ser comercializado como o nome de ATryn, é uma proteína anti-trombina do sangue humano, e será usada para tratar desordens de coagulação do sangue. É produzido no leite de cabras transgênicas.

A decisão do FDA, comunicada em fevereiro, demorou a sair devido às definições de regulamentação dos produtos desenvolvidos com base em animais GM.  É esperado que, agora, com a “luz verde” concedida pelo comitê científico, a aprovação comercial da substância venha a seguir. A ATryn já havia sido aprovada na Europa em 2006.

Fonte: Nature News 11 de fevereiro de 2009