A Presidente da Fundação Rockefeller, Judith Rodin, anunciou que a Fundação Rockefeller irá financiar custos para o Instituto de Pesquisa Internacional de Arroz (IRRI), guiando o arroz dourado GM pelo processo de regulamentação e aprovação nacional em Bangladesh, na Índia, Indonésia e nas Filipinas.

O anúncio, feito durante o Simpósio de Premiação Mundial de Alimento Borlaug Dialogue, em Iowa (EUA), ajudará a levar essa variedade de arroz biofortificado a um passo mais próximo da comercialização. A Fundação Rockefeller tem apoiado as pesquisas, o desenvolvimento e os testes do arroz dourado desde o início dos anos 90.

Em suas anotações, Rodin comentou: “O arroz dourado promete aliviar o sofrimento de crianças malnutridas e os efeitos da debilitação pela deficiência de vitamina A, especialmente cegueira e sarampo”.

Fonte: GMO Compass – 27 de outubro de 2008