Um gel que simula o solo foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Nebraska, EUA, para estudar como as pragas de raiz atacam o milho. Normalmente, a escuridão do solo esconde tais pragas e seus hábitos, mas o gel permite estudá-las como se estivessem nas raízes da planta.

Entender seu comportamento é importante porque os plantadores de milho em Nebraska gastam altas quantias para controlar a ação desses insetos. O custo de controle é maior do que qualquer outro que envolva combate a pragas e insetos.

“Podemos ver, no gel, a movimentação das lagartas na raiz e temos assim possibilidade de registrar esse comportamento, sabendo onde e por quanto tempo elas se alimentam e também o que fazem quando não estão se alimentando”, explicou o entomologista John Foster.

Clique aqui para ler a notícia original, em inglês.