A US Agency for International Development (Usaid), juntamente com o governo nigeriano e o Institute of Tropical Agriculture, vai investir US$ 2,1 milhões num projeto para encorajar o uso da biotecnologia na agricultura.
O projeto, chamado Nigeria Agriculture and Biotechnology Project, tem três anos e pretende incrementar a presença da biotecnologia entre os cientistas nigerianos e instituições locais; ter um sistema de informação de esclarecimentos para o público; e implementar políticas de biossegurança.
O item relativo à pesquisa no projeto é referente ao desenvolvimento de uma caupi resistente a insetos e testes com mandioca resistente ao vírus mosaico.
Fonte: Agrow / Maio 2004