Chefiados pela pesquisadora Sophia Biernelt, os cientistas desenvolveram uma planta GM capaz de produzir o papillomavirus humano (HPV) Tipo16. O objetivo do estudo é, no futuro, desenvolver uma vacina contra o câncer do colo do útero, que é um dos três tipos da doença que mais afeta as mulheres no mundo todo. O câncer do colo do útero está ligado à contaminação pelo HPV-16.

De acordo com o artigo publicado no Journal of Virology, o estudo teve como base plantas de tabaco e batata geneticamente modificadas, que expressaram a proteína do HPV-16 de maneira a propiciar a imunização.

Clique aqui para ler a matéria completa.