O ministro indiano da Agricultura e de Assuntos relacionados a Consumidores, Alimentação e Distribuição Pública, Sharad Pawar, reconheceu a biotecnologia como um fator essencial para o desenvolvimento agrícola nas próximas décadas.

Durante a abertura de um seminário nacional no país, que tratou do aumento da produção agrícola, Pawzr salientou que a aplicação da biotecnologia na agricultura configura uma promessa de desenvolvimento de variedades vegetais com maior nível de tolerância a estresses bióticos e abióticos.

Enfatizando a produção recorde de 230,67 milhões de toneladas de grãos durante a safra 2007/08, o ministro ressaltou que a Índia está bem preparada para atingir níveis de produção semelhantes na safra 2008/09.

O governo indiano está empenhado em criar um ambiente propício para a aplicação de ciência de ponta no desenvolvimento de variedades e para aumentar os investimentos em pesquisa e desenvolvimento. Com a limitação dos recursos naturais disponíveis para melhorar a produção agrícola, os cultivos geneticamente modificados são encarados como uma alternativa promissora que pode beneficiar agricultores, produtores e consumidores.

Pawar disse ainda que as questões relacionadas à saúde humana e animal devem ser abordadas e convidou a indústria da semente para reforçar o movimento para a segurança alimentar, dando maior atenção ao desenvolvimento de sementes, cereais e leguminosas de qualidade.

FONTE: Isaaa – 15 de agosto de 2008