O Comitê de Aprovação da Engenharia Genética da Índia aprovou e liberou o cultivo de seis variedades de algodão Bt em estados do norte daquele país, como Haryana, Punjab e Rajasthan. A decisão, segundo uma fonte oficial do governo, vai expandir o escopo de cultivos GMs na Índia, que até agora são permitidos em seis estados do norte e do sul.

O DNA do algodão Bt contém um gene copiado da bactéria Bacillus thuringiensis, usada na agricultura orgânica, que confere ao algodão a resistência contra a Lagarta da Maçã (fruto do algodão que produz a fibra), uma praga da plantação que causa prejuízo aos produtores indianos.

Monsanto´s Indian subsidiary: http://www.monsantoindia.com