Diante do intenso calor ocorrido na Europa neste verão, cientistas estão trabalhando duro para desenvolver plantas tolerantes à seca. Pesquisadores do Texas, na USDA, identificaram genes que podem ajudar pastagens a sobreviverem a períodos extensos de escassez de água. A intenção é estender os conhecimentos adquiridos nesse estudo para desenvolver maior resistência no algodão.

Outro caso apontado na reportagem ocorre na Universidade Estadual do Colorado, onde há estudos com variedades domésticas e selvagens de trigos, de várias partes do mundo. Os pesquisadores estão tentando rastrear os genes do trigo do inverno que ajudam algumas plantas a sobreviver melhor à seca do que outras.

Leia a notícia na íntegra, em inglês.