O gene que controla o processo biológico que exige baixas temperaturas para que cresçam as formações florais nas plantas foi isolado do trigo e clonado pela primeira vez. A expectativa com esse feito é combinar os métodos existentes na biotecnologia com a maior facilidade de manipulação do tempo de floração da planta.

Será também possível entender melhor a complexa rede de genes responsáveis pela determinação do tempo de floração em plantações de cereais em zonas temperadas. A informação é de Jorge Dubcovsky, professor da Universidade da Califórnia (EUA). Segundo o cientista, algumas plantas – incluindo certas variedades de trigo –, não florescem até que sejam expostas à temperatura baixa por um certo período. É o caso do trigo de inverno. Essa planta requer várias semanas no frio, usualmente em torno de 4,4°C a 10°C, para que floresça e eventualmente produza o grão.

Leia também a matéria em inglês.