O método científico usado no desenvolvimento de alimentos GM, além do processo regulatório de que são alvo, tornam os GMs mais seguros que seus pares convencionais. A declaração está contida em um livro recém-lançado, de autoria dos cientistas Henry Miller, M.D., e Gregory Conko, respectivamente do Hoover Institute e do Competitive Enterprise Institute.

No livro, intitulado The Frankenfood Myth: how protest and politics threaten the Biotech Revolution, os autores afirmam que se hoje uma nação rica decidir não mais adotar alimentos GMs, ele continuará rico, porém, se países em desenvolvimento fizerem o mesmo, vão se tornar mais pobres e famintos. “E muitos de seus habitantes vão morrer.”