O governo da Malásia pretende transformar o país em referência no desenvolvimento de Biotecnologia agrícola, por meio de uma ampla reestruturação em seus órgãos de agricultura. Segundo a Agência de Notícias Bernama, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do país liberou US$ 50 bilhões para modernizar o setor. O objetivo é aumentar a capacidade de investigação científica e identificar boas propostas para pesquisa e comércio.

O governo malaio acredita que a agrobiotecnologia trará grandes avanços para a agricultura, gerando produções com custo efetivo, maiores rendimentos, colheitas de qualidade superior e um bom gerenciamento de doenças das plantas.
As mudanças serão supervisionadas pelos ministérios da Agricultura e Desenvolvimento Rural e Regional; Ciência, Tecnologia e Inovação; e Indústria de Plantação e Mercadorias.